Disfunção cognitiva canina | CCD


Quase todos os cães, à medida que envelhecem, têm algum grau de CCD, uma demência semelhante ao Alzheimer em humanos.
As causas do CCD ainda não são conhecidas, mas estudos indicam que cerca de 30% dos cães com 11 anos apresentam um ou mais sinais de comprometimento cognitivo, valor que aumenta para 68% em cães com mais de 15 anos.

Memorize a sigla: DISHA
D – Disorientation
I – Interactions
S – Sleep – wake cycle changes
H – House soiling
A – Activity

Desorientação – há vários sinais nem sempre fáceis de identificar… Mas se recorrentemente reparar que o seu cão coloca o focinho do lado errado da porta, ou ao ir para casa parar no portão do vizinho ou deitar-se num sitio estranho ou diferente do habitual…Fique atento.

Interações – se ao longo da vida o seu cão ladrou sempre que alguém chega a casa e de repente, sem treino, isso começa a não acontecer, se o deixou de vir receber à porta, se deixa de reagir a estímulos que sempre o animaram como ir buscar a trela para ir à rua ou abrir a caixa dos biscoitos ou até se muda a forma como interage com pessoas (ex. Cão amigável mostrar sinais de agressividade) podem ser sinais de CCD. Mas também podem ser apenas sinais de dor ou desconforto! Leve sempre ao médico veterinário.

Mudanças no ciclo vigília-sono – este ponto é mais fácil de identificar, por exemplo: o cão passeia de um lado para o outro da casa durante a noite e depois passa a manhã a dormir.

Casa Suja – se sempre teve um cão limpo que fazia as suas necessidades na rua e de repente começar a urinar ou defecar dentro de casa (isto pode acontecer por perda de memória, por problema de controlo de esfincteres ou até por infecção urinária. Mais uma vez, consulte o seu médico veterinário.

Actividade – O cão tem menos interesse em explorar o ambiente ou a responder a um estímulo ou apresentar movimentos repetitivos, abanar a cabeça, andar em círculos. Estes sinais podem ser sinais de CCD mas podem também estar relacionados com problemas de visão ou audição ou um problema neurológico mais grave, pelo que também neste caso deverá consultar o médico veterinário.

O que fazer ?
Adapte a casa, facilite as rotinas, mime o seu cão. Infelizmente a vida deles é sempre mais curta do que devia.
Pode também fornecer uma alimentação rica em ácidos gordos como o ómega-3 para ajudar a retardar o envelhecimento celular.


Almost all dogs, as they get older, have some degree of CCD, a dementia similar to Alzheimer’s in humans. The causes of CCD are not yet known, but studies indicate that about 30% of 11-year-old dogs have one or more signs of cognitive impairment, increasing to 68% in dogs older than 15 years.

Memorize this: DISHA
D – Disorientation
I – Interactions
S – Sleep – wake cycle changes
H – House soiling
A – Activity

Disorientation – there are several signs that are not always easy to identify … But if you regularly notice that your dog puts his muzzle on the wrong side of the door, or when he goes home he stops at the neighbor’s gate or lies in a strange or different place from the habitual … Stay tuned.

Interactions – if throughout your life your dog barks whenever someone comes home and suddenly, without training, this does not happen, if you stop coming to receive at the door, you stop reacting to stimuli that have always encouraged you as go get the leash to go to the street or open the box of cookies or even change the way you interact with people (eg dog friendly show signs of aggression) can be signs of CCD. But they can also just be signs of pain or discomfort! Always take the veterinarian.

Changes in the wake-sleep cycle – this point is easier to identify, for example: the dog wanders from side to side of the house at night and then passes the morning to sleep.

Dirty House – if you always had a clean dog that did your needs on the street and suddenly started to urinate or defecate in the house (this could happen due to memory loss, problem of control of sphincters or even urinary tract infection. consult your veterinarian.

Activity – The dog has less interest in exploring the environment or responding to a stimulus or having repetitive movements, shaking his head, walking in circles. These signs may be signs of CCD but may also be related to vision or hearing problems or a more serious neurological problem, so in this case you should also consult your veterinarian.

What to do ?

Adapt the house, facilitate the routines, pamper your dog. Unfortunately their lives are always shorter than they should.

It can also provide a diet rich in fatty acids like omega-3 to help slow cellular aging


Modelo | Model: Pipa (já é uma estrelinha)

Ração colorida | Colored kibble

Sabia que as bolinhas de ração coloridas foram criadas para atrair os donos dos cães ?
Os cães não ligam nenhuma às cores, mas está estudado que os humanos associam determinadas cores a alimentos criando assim a ilusão de que a ração é mais rica. Por exemplo: verde a legumes, amarelo a carne de frango ou encarnado a carne de vaca.
Na verdade é só corantes…
(ou tinta!)


Did you know that colored kibble were created to attract dog owners?

Dogs do not link any of the colors, but it’s been studied that humans associate certain colors with food thus creating the illusion that the ration is richer. For example: green on vegetables, yellow on chicken or red on beef .

Actually, it’s just dyes …(or ink!)

Mexilhão | Mussel

O mexilhão é um alimento extremamente rico em iodo, ácidos gordos, manganésio e vitamina D, pelo que é uma óptima forma de melhorar a qualidade da alimentação do seu cão.
Alguns estudos apontam para bons resultados na prevenção do cancro!

Pode ser fresco (ideal) mas também congelado ou enlatado (em água ou azeite, e bem lavado).

A dose recomendada para um cão adulto saudável com 20kg são 2 mexilhões por dia (a acrescentar à alimentação natural ou à ração).


Mussel is a food extremely rich in iodine, fatty acids, manganese and vitamin D, so it is a great way to improve the quality of your dog’s food.

Some studies point to good results in cancer prevention!It can be fresh (ideal) but also frozen or canned (in water or olive oil, and well washed).

The recommended dosage for a 20kg healthy adult dog is 2 mussels per day (added to natural or kibble).

Alimentos & obesidade | Food & pet obesity

Estudos mostram que a adição de feijão verde à alimentação do cão tem inúmeros benefícios, independentemente deste fazer uma alimentação natural ou ração. 

O feijão verde tem baixo índice calórico e glicémico, mas é rico em fibras pelo que dá bastante saciedade, tornando-o um bom aliado na perda de peso.

A recomendação, para um cão adulto com mais de 10kg e saudável, ou com “apenas” excesso de peso, sem outras condições clínicas associadas, será garantir 20g de feijão verde na composição do prato ou retirar cerca de 20g de ração e substituir pela mesma quantidade de feijão verde.

Caso o cão tenha um peso inferior a 10kg a quantidade de feijão verde deverá ser calculada em função do peso e caso o cão já tenha alguma patologia presente por favor consulte um médico veterinário ou nutricionista canino antes de fazer esta alteração.


Studies show that adding green beans to dog food has countless benefits regardless of whether making a natural feed or ration.

Green beans have a low caloric and glycemic index, but it is rich in fiber and therefore provides plenty of satiety, making it a good ally in weight loss.

The recommendation, for an adult dog weighing more than 10kg and healthy, or “just” overweight, without other associated clinical conditions, will guarantee 20g of green beans in the composition of the dish or remove about 20g of feed and replace it with the same amount of green beans.

If the dog weighs less than 10kg the amount of green beans should be calculated according to the weight and in case the dog already has some pathology present please consult a veterinarian or canine nutritionist before making this change.

Ossos | Bones

DOGS & FOOD – BONES

Da série “cães e ossos” a Ruff Dog começa por chamar a atenção para estes ossos tão tipicamente encontrados em todos os supermercados e que apesar de tudo os cães parecem adorar.
São, resumidamente, a pior coisinha que podemos dar-lhes assim à face da Terra. Estão cheios de químicos e agentes tóxicos e podemos dizer que não têm (mesmo) qualquer vantagem para a sua utilização.
Existem hoje em dia no mercado dezenas de alternativas!

Partilhem esta informação com todos os donos que conhecem, vamos tirar este produto dos mercados!!

——————————————————————————————————————–

From the “dogs and bones” series, Ruff Dog begins by calling attention to these bones so typically found in all supermarkets and that despite everything dogs seem to love.

They are, in short, the worst thing we can give them to the face of the Earth. They are full of chemicals and toxic agents and we can say that they do not (even) have any advantage for their use. There are now on the market dozens of alternatives!

Share this information with all the owners you know, let’s get this product out of the markets!

Imagem | Image: Planet Paws