Enriquecimento ambiental | Canine Enrichment

O conceito “enriquecimento ambiental” surgiu para alegrar a vida dos animais que vivem nos jardins zoológico, pois frequentemente os animais em cativeiro começam a apresentar vários problemas de comportamento coo stress, agressividade, movimentos estereotipados (sinal de ansiedade e mal-estar psicológico) e até depressão.
Os investigadores começaram a tentar tornar o ambiente do recinto onde o animal está preso mais próximo do seu habitat natural. Actualmente – felizmente – quando visitamos um jardim zoológico dificilmente encontraremos as velhas jaulas com paredes de cimento e azulejo e grades. Além de mudar o aspecto das jaulas, há também uma grande mudança na forma como se alimenta os animais, tentando criar pequenos desafios para a obtenção da comida e estimulando, consequentemente os vários sentidos (olfacto, audição, visão, tacto e paladar) dos animais.
Renato Zanetti, especialista em comportamento animal, provou que os cães que têm desafios diários são mais felizes e saudáveis. A mais fácil e melhor forma de fazer estas actividades no nosso dia-a-dia é através da alimentação.


Ficam assim 5 dicas de pequenas coisas que pode fazer com o seu cão para o tornar mais feliz:

1. Não dê sempre a comida na taça. Torne a alimentação divertida e utilize por exemplo um snuffle map, ou jogos/puzzles para cães.
2. Quando sair de casa deixe-lhe um brinquedo de estimulação cognitiva para ele se entreter, por exemplo um KONG recheado e congelado.
3. Faça jogos de cheiros: tire o seu cão de uma divisão e esconda pequenos pedaços de comida para ele encontrar (nas primeiras vezes prefira algo com um cheiro intenso, como pedaços de carne ou vísceras)
4. Não deixe os brinquedos sempre disponíveis e de fácil acesso, esconda-os ou torne-os mais difíceis de alcançar (mas com segurança!), por exemplo pendure um dos brinquedos com uma corda ou esconda-o no meio de uma manta!

A cachorra do vídeo é a Poppy com 11 semanas de vida 🙂


The concept of “environmental enrichment” has emerged to brighten the lives of zoo animals, since captive animals often exhibit various behavioral problems with stress, aggression, stereotyped movements (anxiety and psychological distress) and to depression.
The researchers began trying to make the environment of the enclosure where the animal is trapped closer to its natural habitat. At present – fortunately – when we visit a zoo we can hardly find the old cages with cement walls and tile and grids. In addition to changing the appearance of cages, there is also a major change in the way animals feed themselves, trying to create small challenges in obtaining food and thus stimulating the various senses (smell, hearing, sight, touch and taste) of animals .
Renato Zanetti, an animal behavior specialist, has proven that dogs that have daily challenges are happier and healthier. The easiest and best way to do these activities in our day-to-day life is through feeding

Here are 4 tips for small things you can do to make your dog happier:
1. Do not always give food in the bowl. Make feeding fun and use for example a snuffle map or a puzzle for dog.
2. When leaving the house, leave him a cognitive stimulation toy for him to entertain, for example a stuffed and frozen KONG.
3. Make Smell Games: Take your dog out of a room and hide small pieces of food for him to find (in the first few times, he prefers something with an intense smell like pieces of meat or viscera)
4. Do not always make toys available and easily accessible, hide them or make them harder to reach (but safely!), For example hang one of the toys with a rope or hide it in the middle of a blanket!

The puppy in the movie is Poppy when she was just 11 weeks old 

https://www.facebook.com/Ruffdogblog/videos/363841561111234/?_nc_cat=107&vabr=556361&_nc_ht=video.flis9-1.fna&oh=fc98c3d4a425a63f809f3823005c7194&oe=5C40FB27&dl=1

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *